Limpeza Pública

Festas de final de ano pede atenção redobrada no descarte de perfurocortantes

Importante lembrar que a segurança dos coletores é obrigação de todos



São recorrentes os acidentes envolvendo coletores de lixo com materiais perfurocortantes descartados de forma incorreta. Mesmo com os equipamentos de segurança, muitas vezes cacos de vidro e agulhas mal acondicionados causam ferimentos nos funcionários da coleta de lixo.

Época de Natal e Ano Novo, traz à tona esse problema que acontece durante todo o ano. O aumento no consumo de bebidas aumenta a produção de lixo, principalmente de garrafas de vidro e é sempre importante relembrar que a má acomodação de materiais com capacidade de corte ou perfuração traz sérios riscos aos coletores, causando acidentes muitas vezes graves.

De janeiro a outubro de 2021, foram 15 acidentes, sendo: 12 com caco de vidro e 03 com agulha. Segundo levantamento do SESMT – Setor de Medicina e Segurança do Trabalho da EMDURB, o membro mais atingido com perfurocortante é a perna, seguido pela mão, coxa e joelho.

Por isso, é importante lembrar que todo material com capacidade de perfurocortante, sejam vidros quebrados, agulhas ou até mesmo palitos de espetinho de churrasco, devem ser acondicionados em jornal, caixinhas de leite ou garrafa pet e fechados de forma que a embalagem não se desfaça. Esse descarte adequado, além dos coletores, protege também quem manuseia o lixo até a rua.



Comunicação – EMDURB

22/11/2021